Lições Bíblicas, Devocionais, Mensagem
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

O CASAMENTO, O LAR E A FAMÍLIA

 I . O CASAMENTO


1 . Conceito: É a união de duas pessoas de sexos diferentes que entre si concordam sob juramento perante a lei, em viverem juntas e uma para a outra, enquanto vidas tiverem. O casamento envolve duas coisas muito importantes: amor e compromisso. O compromisso consubstanciado na letra da lei, apenas garante alguns direitos relativos a lei do matrimônio; o amor, porém, é que dá sustentação a união. Portanto, embora as duas coisas sejam importantes, o amor deve estar acima de tudo.

2 . Instituição: A considerar pela declaração bíblica de Gn. 2: 18, 22 e 24, trata-se de uma instituição de origem divina. a Lá está escrito: “Não é bom que o homem esteja só. Far-lhe-ei uma adjutora que lhe corresponda... Então da costela que o Senhor tomou do homem, formou a mulher, e a trouxe ao homem... Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, e serão os dois uma só carne”.

3 . Vigência: O casamento é um acordo de vontades que, no plano divino foi feito para durar. A Escritura afirma que o homem e a mulher casados estão presos um ao outro enquanto ambos viverem, I Co. 7: 1-3. A separação e o novo casamento, a não ser pela morte de um dos dois, não estava no princípio, no propósito de Deus. Foi Jesus quem disse: “No princípio não foi assim”, Mt. 19: 8. Quando feita com base nas orientações da Palavra de Deus, essa união é indissolúvel.

4 . Conservação: O casamento é uma aliança que precisa ser conservada. Para que isto aconteça é necessário que cada uma das partes envolvidas nesse compromisso adote, em relação à outra, atitudes de franqueza, respeito e lealdade, além do amor que deverá norteá-las em tudo o que fizerem juntas ou separadamente, enquanto viverem. Um dos cuidados que o jovem cristão precisa ter é o de não assumir no casamento, um jugo desigual. Quando o jovem cristão procura, para essa relação, uma jovem também cristã, em cuja mente prevaleça as mesmas convicções, a possibilidade de acerto é muito grande; se essa condição não for observada, a relação conjugal a ser construída tem tudo para não dar certo, II Co. 6: 14.


1 . Dê o conceito de casamento.

2 . Quem instituiu o casamento? Gn. 2: 18, 22 e 24.

3 . Por quanto tempo deve durar a sociedade conjugal? I Co. 7: 1-3.

4 . Onde está o segredo para a conservação do casamento? Ef. 5: 33.

5 . Que risco corre o casamento entre pessoas de crenças diferentes? II Co. 6:14.


II . O LAR E A FAMÍLIA


Conceitos: O lar é o habitat, isto é, o lugar onde moram os membros da família. A família é o conjunto de indivíduos consangüíneos formado pelo pai, mãe e filhos, em que os pais são os componentes básicos e os filhos, os complementares. É a mais antiga instituição estabelecida na terra. É a unidade básica da sociedade.

Importância: Tanto o lar como a família são importantes: O lar, como o lugar onde a família se reúne para tomar as refeições, descansar, conversar, discutir e decidir sobre as questões de interesse comum; a família, como a instituição que apóia, ampara e protege, ética, moral e socialmente cada membro desta comunidade.

Funções da família: A família tem 4 funções principais: a) procriativa: multiplicar e preservar a espécie humana; b) educativa: cuidar da educação dos filhos; c) administrativa: prover os meios de manutenção do lar e administrá-los a bem de todos os seus integrantes; d) afetiva: amar, ajudar, compreender, respeitar, perdoar, proteger, etc.


5 . Dê os conceitos de lar e família.

6 . Qual a importância do lar e da família?

7 . Quais as principais funções da família?


III . O CASAMENTO VISTO DUMA PERSPECTIVA ANALÓGICA


1 . Marido e mulher: No conceito cristão do casamento, o marido é visto como uma figura de Cristo e a mulher como uma figura da Igreja. Assim como Cristo deu sua vida pela Igreja, assim deve o marido dar sua vida pela mulher que escolheu como sua companheira. Do mesmo modo que a Igreja tem o dever de adornar-se e conservar-se pura e imaculada para poder agradar a Cristo, deve também a mulher amar, respeitar e agradar seu marido. Quando isto acontece na relação conjugal, o lar passa a ser um lugar aprazível e a família uma fonte de bênção.

2 . Os filhos: Como integrantes da comunidade familiar, os filhos merecem atenção especial da parte dos pais. Precisam ser educados, amados, compreendidos, respeitados e protegidos. A boa relação entre os membros da família resulta em harmonia e entendimento no lar. No dizer da Escritura, o que acontece com um, passa ser comum a todos, porque o regime de interdependência que deve prevalecer em todo lar socialmente bem estruturado, faz com que cada um participe do que está acontecendo com os demais.


8 . A que comparou Paulo as relações entre o marido e sua mulher? Ef. 24-32.

9 . Que exemplo se encaixa muito bem na relação familiar? I Co. 12: 26.

10 . Na comunidade familiar, como pais e filhos devem agir? Ef. 6:1 e 3

Imprimir  
publicado por diaconosergiochristino às 22:09
link do post | comentar | favorito
|

.Meu Perfil

.pesquisar

 

Www.Goocrente.Com - Acesse o Maior Pesquisador Cristão da Atualidade! Milhares de Sites Evangélicos, Estudos Bíblicos, Variedades, Cifras, Pastores, Igrejas, Eventos, Portais, Revistas, Rádios e muito mais.


.tags

. todas as tags

.links

.posts recentes

. 1 Coríntios 7 e 8:1-13

. 1 Coríntios 6:1-20

. 1 Coríntios 5:1-13

. 1 Coríntios 4:6-21

. 1 Coríntios 3:16-23; 4:1-...

. 1 Coríntios 3:1-15

. 1 Coríntios 2:1-16

. 1 Coríntios 1:17-31

. 1 Coríntios 1:1-16

. Os Brasileiros não apoiam...

Aceite a Jesus em sua vida! Clique!
Pesquise na Bíblia
Ex.: graça - Ex.: Gen 1.1-10
GOSPEL LINE
BlogBlogs.Com.Br
blogs SAPO

.subscrever feeds